Maquiagem para pele oleosa
A pele oleosa tem aspecto brilhante e úmido. Sua superfície é mais espessa e com relevo irregular por conta de uma produção de sebo (óleo) maior do que o normal. Cerca de 70% da população brasileira sofre com o excesso de oleosidade.

 

Peles oleosas têm tendência à formação de acne, cravos e espinhas. Apresentam poros dilatados, que se abrem para eliminar secreção oleosa proveniente das glândulas sebáceas para a superfície da pele. A oleosidade desse tipo de pele é mais notada na testa, nariz e queixo, a chamada zona T. Maquiagem para pele oleosa exige alguns cuidados a mais nessas áreas.

 

Além da herança genética, alguns aspectos como fatores hormonais, excesso de sol e de estresse e uma dieta rica em alimentos gordurosos, contribuem para o aumento da produção de sebo da pele.

 

A pele oleosa sempre requer cuidados especiais, inclusive na hora da maquiagem. Para conseguir um make perfeito mesmo tendo a pele super oleosa, basta ter os produtos certos e seguir algumas dicas.

 

A escolha do cosmético é essencial para manter a pele limpa e livre de óleo. Existem muitos produtos: os chamados oil-free (livre de óleo), anti-shine (anti-brilho), reguladores da oleosidade e lencinhos absorventes de oleosidade que ajudam a resolver o problema por algumas horas. Também existem os pós-fixantes e os primers, que fixam a maquiagem deixando a pele sem brilho por algumas horas.

 

Primeiro os cuidados com a pele

 

O maior desafio é controlar a produção de secreção oleosa. Para isso, é necessário o uso de produtos específicos para esse tipo de pele em todas as etapas do ritual diário de cuidados para limpar, hidratar e tratar.

 

Limpeza: higienizar o rosto uma ou duas vezes ao dia, pois a remoção excessiva da oleosidade pode causar efeito rebote. Sabonetes líquidos e géis compostos por hidroxiácidos, por exemplo, favorecem a remoção das impurezas e a desobstrução dos poros. Use um esfoliante para eliminar as células mortas.

 

Hidratação: escolher produtos de textura leve, à base de água e não gordurosos.

 

Tratamento: deve ser individualizado para cada paciente, pode-se lançar mão de derivados retinóides bem como de agentes antiinflamatórios.

 

Fotoproteção: a escolha do fotoprotetor ideal para pele oleosa é parte essencial do tratamento, uma vez que alguns filtros solares podem ter veículos muito oleosos, obstruir os poros e piorar o quando, enquanto outros, que são mais adequados, têm ativos que ajudam no controle da oleosidade e melhoram a aparência dos poros.

 

É importante preparar a pele?

 

Para peles oleosas, é importante o uso do primer facial. Ele é um creme que deve ser aplicado antes de qualquer maquiagem. Sua função é retirar a oleosidade da pele, prolongar o tempo da maquiagem e amenizar as linhas de expressão. Ele também fecha os poros, promovendo assim um disfarce óptico na pele.

 

Não deixa qualquer sensação de rosto pesado, a pele fica com a textura lisinha, perfeita para receber a maquiagem. Um outro bom motivo para usar o primer é que ele evita que a maquiagem fique em contato direto com a pele; ele forma como se fosse uma película protetora, evitando que a base entre nos poros do rosto. Aplique nas regiões problemáticas.

 

Depois disso, o uso de um spray fixador para evitar que a maquiagem derreta instantaneamente com o suor, utilize um spray fixador ao final do ritual de beleza.

 

E lembre-se: um erro comum entre as mulheres é exagerar na quantidade de hidratante facial ou protetor solar – ação que pode influenciar diretamente no excesso de oleosidade da pele e no derretimento da maquiagem.

 

Para olhos e sobrancelhas

A não ser que o look molhado seja intencional, o aspecto brilhoso da sombra nas pálpebras é resultado do excesso de oleosidade produzido por esta região do rosto (coisa que aumenta consideravelmente na presença do calor).

 

Para prevenir que isso aconteça, aplique primer ou base na região antes de passar a sombra; assim haverá uma camada de proteção entre a pele e o pó.

 

Se for aplicar algum produto nas sobrancelhas, opte por aqueles em formato de lápis ao invés de pó; o poder de fixação de um é inúmeras vezes maior que o do outro.

 

Para evitar o seu rímel de borrar sua maquiagem depois de pouco tempo no rosto, o truque mais infalível é optar por produtos à prova d’água.

 

Para o rosto

 

Em peles oleosas, a base líquida pode deixar uma aparência ‘molhada’ com o passar do tempo. Utilizando o pincel de base, aplique pequenas quantidades de base em sentidos cruzados (formando um ‘x’) no rosto – por mais simples que pareça, o truque mescla o produto melhor e diminui a oleosidade da base com eficácia.

 

Após aplicar a base no rosto, crie um efeito fixador (e iluminador!) utilizando o pó facial. Mas, ao invés de arrastar o pincel ao redor do rosto, utilize uma esponja de maquiagem e pressione o produto nas áreas desejadas – este truque faz com que a make permaneça intacta por muito mais tempo.

 

Ao invés do blush em pó, prefira por versões cremosas do produto – a versão seca pode criar um contraste que intensifica as regiões oleosas do rosto ao invés de amenizá-las, enquanto a líquida uniformiza a pele.

 

Uma maneira simples e rápida de remover a oleosidade da pele (e, consequentemente, prevenir que a maquiagem derreta) é ter sempre lenços removedores de oleosidade por perto.

 

Retirando a Maquiagem

 

A limpeza da pele antes de dormir é fundamental para evitar que os poros se abram ainda mais e para que não surjam espinhas. Primeiramente, passe um demaquilante com algodão. Depois, lave o rosto com sabonete específico. Em seguida, passe loção adstringente para eliminar as sujeirinhas que se acumulam nos poros.

 

https://blog.drconsulta.com/caracteristicas-e-cuidados-com-pele-oleosa/

 

https://belezaesaude.com/maquiagem-pele-oleosa/

 

https://vogue.globo.com/beleza/maquiagem/noticia/2015/06/tem-pele-oleosa-descubra-12-maneiras-de-nao-deixar-maquiagem-derreter.html

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *